Depositphotos_110188530_original

Injúria endometrial e Gravidez

Uma das técnicas mais utilizadas em pacientes que apresentam falhas no tratamento de fertilização após a transferência do embrião no endométrio e o não desenvolvimento dele é a injuria endometrial que consiste na técnica utilizada para o preparo do endométrio, apenas quando o mesmo apresenta falhas prévias de implantação.
Para a realização do procedimento não é necessário sedação ou internação, é feito como se fosse um procedimento ginecológico em que se utiliza um cateter conhecido como Pipelle de Cornier e que são realizadas pequenas raspagens, traumas, no endométrio para estimular o aumento das substâncias histamina e citocinas, que são células importantes e que facilitam a implantação.
Pacientes que já realizaram a fertilização in vitro sem sucesso, tem indicação para este tratamento.
Esse processo é realizado no mês anterior a transferência do embrião e até o 5º dia da menstruação, não é aconselhável a realização no mesmo dia da transferência, pois pode prejudicar o processo.
As chances de sucesso após esse processo são ainda maiores, principalmente para pacientes que estão em tratamento de fertilização.

Abraços,

Dra. Bruna Sesma Barreto

Postado em FIV

Deixe uma resposta