por-que-preservar-a-fertilidade - clinica sesma

Por que preservar a fertilidade?

Atualmente, a maioria das mulheres têm postergado a maternidade, algumas pelo desejo de alavancar a carreira e outras por ainda não terem encontrado sua cara metade. Não é difícil encontrar mulheres com mais de 30 anos que ainda não pensam em ser mães, pelo contrário, esse número tem aumentado ainda mais. Mas, você já parou para pensar que o seu organismo e o tempo andam em linhas opostas? Enquanto o tempo vai evolui ao passar dos anos, o sistema reprodutivo feminino vai deixando de desempenhar suas funções no que diz respeito a quantidade de óvulos. Isso acontece porque, o sistema reprodutivo feminino possui quantidade limitada de óvulos que estarão disponíveis até um certo período, geralmente a mulher possui uma reserva ovariana boa até os 35 anos, após essa idade sua reserva vai diminuindo, quando atinge idade superior aos 43 anos a probabilidade de não possuir mais nenhum óvulo é grande. Além disso, pacientes que engravidam após os 40 anos, têm o risco de que seus bebês nasçam a Síndrome de Down. Esse quadro ocorre porque, durante a juventude o corpo da mulher prioriza os melhores óvulos para fecundação e desenvolvimento, com o aumento da idade a chance de erros durante a divisão celular do embrião aumenta.

Em pacientes que optam pelo tratamento de Reprodução Assistida após os 40 anos, é possível realizar uma análise por meio de um teste genético para detectar alterações nos embriões antes que eles sejam transferidos para o útero. No entanto, em pacientes que engravidam naturalmente, essa identificação de alteração genética ainda não é possível ser realizada, tendo em vista que o embrião já foi formado dentro do próprio útero.

O recomendável para mulheres que desejam postergar a maternidade, é que repense na possibilidade de congelamento de óvulos. Essa técnica não traz nenhum risco para quem opta por ela, pelo contrário, possibilitará que no futuro, quando o desejo de ser mãe aflorar, existam chances de tornar esse sonho possível. Se você possui idade até os 35 anos e não tem a intenção de engravidar tão cedo, esse é o momento que você deve congelar os seus óvulos, para preservar o seu futuro.

Converse com um médico especialista em Reprodução Assistida para uma orientação correta do seu caso.

Entre em contato conosco, agende sua consulta!

 

Deixe uma resposta